1ª Lei da escrita
      "O GESTO GRÁFICO ESTÁ SOB A INFLUÊNCIA DIRETA, IMEDIATA DO CÉREBRO. SUA FORMA NÃO É MODIFICADA PELO ÓRGÃO ESCRITOR SE ESTE FUNCIONA NORMALMENTE E SE ENCONTRA SUFICIENTEMENTE ADAPTADO À SUA FUNÇÃO."

2ª Lei da escrita
      "QUANDO SE ESCREVE, O 'EU' ESTÁ EM AÇÃO, MAS O SENTIMENTO QUASE INCONSCIENTE DE QUE O 'EU' AGE, PASSA POR ALTERNATIVAS CONTÍNUAS DE INTENSIDADE E DE ENFRAQUECIMENTO. ELE ESTÁ NO SEU MÁXIMO DE INTENSIDADE ONDE EXISTE UM ESFORÇO A FAZER, ISTO É, NOS INÍCIOS; E NO SEU MÍNIMO DE INTENSIDADE ONDE O MOVIMENTO ESCRITURAL É SECUNDADO PELO IMPULSO ADQUIRIDO, ISTO É, NAS EXTREMIDADES."

3ª Lei da escrita
      "NÃO SE PODE MODIFICAR VOLUNTARIAMENTE EM UM DADO MOMENTO SUA ESCRITA NATURAL, SENÃO INTRODUZINDO NO SEU TRAÇADO A PRÓPRIA MARCA DO ESFORÇO DISPENDIDO PARA OBTER A MODIFICAÇÃO."

4ª Lei da escrita
      "O ESCRITOR QUE AGE EM CIRCUNSTÂNCIAS EM QUE O ATO DE ESCREVER É PARTICULARMENTE DIFÍCIL, TRAÇA, INSTINTIVAMENTE, OU AS FORMAS DE LETRAS QUE LHE SÃO MAIS COSTUMEIRAS, OU AS FORMAS DE LETRAS MAIS SIMPLES, DE ESQUEMA FÁCIL DE SER CONSTRUÍDO."